O lado obscuro do pensamento positivo

“Concentre-se no poder de seus pensamentos e você irá transformar sua realidade”.

Milhares de livros, workshops e gurus de auto-ajuda repetem o mesmo mantra: “mude seus pensamentos, mude sua vida”. Se ao menos a lendária “lei da atração” funcionasse para até mesmo metade das pessoas que tentaram usá-la, precisaríamos aumentar Hollywood para caber todos os astros de pensamento positivo, milhares de novas ilhas privadas para os milionários de pensamento positivo e indústrias inteiras baseadas no sucesso dos CEOs de pensamento positivo. Não haveria recursos suficientes no planeta para realizar os sonhos de uma nova geração de mágicos que dominam “O Segredo”.

O pensamento positivo é como a versão “Nova Era” de acreditar em Papai Noel. Basta que você faça uma lista do que deseja, imagine que está a caminho e depois sente e espere que o universo entregue à sua porta. O pensamento positivo pretende lhe dar as chaves para manifestar o futuro que você deseja através de imaginar que ele já está acontecendo. Ao fazer isso, você atrai o que quiser da matriz universal. Fique 100% positivo durante tempo suficiente e sua nova realidade simplesmente se materializará a partir de seus pensamentos. Há apenas dois problemas aqui: 1) é cansativo, e 2) é ineficaz.

O que o pensamento positivo realmente faz é ensinar você a se auto-hipnotizar para ignorar seus verdadeiros sentimentos. Isso cria uma espécie de visão estreita. Você começa a bloquear sua consciência em uma bolha na qual você existe apenas como seu “eu superior”, sempre sorridente, cheio de amor e felicidade, cativante e imbatível. Você pode se sentir bem vivendo dentro desta bolha no curto prazo, mas com o tempo a bolha explodirá. Isso porque toda vez que você se força a ser positivo, a negatividade cresce internamente. Você pode negar ou reprimir pensamentos e emoções negativas, mas eles não desaparecem.

A vida está repleta de desafios e enfrentar esses desafios diariamente desencadeia todos os tipos de pensamentos e emoções, inclusive raiva, tristeza e medo. Tentar evitar o que você considera negativo e colar apenas com o positivo é um grande erro. Quando você nega seus verdadeiros sentimentos, você está dizendo a uma parte de você mesmo: “Você é ruim. Você é sombra. Você não deveria estar aqui. “Você constrói um muro na sua mente e sua psique fica dividida. Quando você desenha uma linha entre o que é aceitável dentro de você e o que não é, 50% de quem você é está sendo rejeitado. Você fica sempre fugindo da sua sombra. É uma viagem cansativa que leva à doença, depressão e ansiedade.

Nos esforçamos tanto para sermos felizes, e quanto mais nos esforçamos, mais frustrados ficamos. Frustração e exaustão são uma fórmula para a depressão. As pessoas estão frustradas porque não conseguem atingir o arquétipo de sucesso que Hollywood lhes vendeu. Elas estão exaustas de lutar contra seu eu real, e estão deprimidas porque não estão alinhadas com sua verdadeira natureza.

Você pode passar sua vida travando uma guerra civil consigo mesmo. A outra abordagem é reconhecer que você é um ser humano com todos os potenciais dentro de você e aprender a abraçar todo o espectro de sua humanidade. Pare de separar seus pensamentos e emoções em “positivo” e “negativo”. Quem decide o que é positivo e negativo, afinal? Onde você desenha a linha entre o bem e o mal dentro de você? Em nossos mundos internos, isso nem sempre é tão claro. Até mesmo as emoções mais desafiadoras têm uma função importante na vida. O sofrimento pode trazer compaixão, a raiva pode ajudá-lo a superar seus limites e a insegurança pode se tornar um catalisador para o crescimento, mas somente se você lhes der espaço dentro de você. Em vez de lutar contra sua própria natureza, você pode usar os desafios da vida para o seu progresso.

As pessoas vêm até mim cheias de medos que estão desesperadas por “curar” e “se livrar” para se tornarem mais bem-sucedidas. Elas pensam no sucesso como uma espécie de oásis onde elas podem finalmente descansar do monstro imaginário do fracasso que constantemente as persegue. Mas esse oásis acaba por ser uma miragem que desaparece logo que você se aproxima dele.

Meu conselho para essas pessoas é fazer o oposto do pensamento positivo. Convido-as a imaginar o pior cenário, para realmente explorar o que aconteceria se os seus medos mais profundos se concretizassem. Quando elas fazem isso, o medo deixa de ser um monstro. Elas percebem que, mesmo que falhassem repetidas vezes, elas poderiam se levantar e tentar novamente. Elas aprenderiam com suas experiências. Elas se tornariam mais sábias e mais capazes de realizar seus sonhos da próxima vez. Não mais conduzidas por uma sensação de deficiência, elas poderiam aproveitar a vida e permitir que sua criatividade floresça. Elas percebem que o poder que elas estavam dando aos seus medos pode ser conscientemente usado para construir a realidade que elas querem.

Eu acredito no contraste na vida. Quando você abraça o espectro completo de quem você é – incluindo a tristeza, a raiva, a insegurança e o medo – toda a energia que você usou para lutar contra si mesmo está disponível para viver e criar. Existe a mesma quantidade de energia no “positivo” como existe no que você chama de negativo ou sombra. As emoções são pura força vital, e você só pode acessar o pleno poder de sua consciência quando você se permite experimentar a totalidade de suas emoções. Sim, haverá dor, tristeza e raiva, assim como haverá amor, alegria e entusiasmo. Essas emoções encontrarão seu equilíbrio natural, e esse equilíbrio é muito mais saudável do que dividir entre bom e mau.

Nós seres humanos somos seres sonhadores. Podemos realizar muitos dos nossos sonhos durante nossa vida, mas não seremos capazes de alcançar todos eles. Mais importante do que os objetivos de vida que realizamos antes de chegar a nossa hora de partir é como estamos vivendo agora. Com um pouco de consciência e senso de humor, podemos abraçar a totalidade do nosso ser e viver uma vida cheia de alma. Além dos nossos conceitos de “positivo” e “negativo”, há a beleza, o mistério e a magia do nosso verdadeiro ser, que merece ser honrado e celebrado. Isso está disponível para cada um de nós neste exato momento.

 

Por Rudá Iandé

Life Coach, Primal Source founder

 

Categories: Matérias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

«