Mira Hatland – Um depoimento sobre o Path of Love

Amados amigos

Acabei de voltar de mais 7 dias do processo chamado “Path of Love”. Foi novamente, o processo mais bonito que já fiz em toda a minha vida espiritual … e são muitos processos espirituais em 40 anos!

Esse processo é em uma semana de silêncio, bem como uma partilha profunda e íntima com os outros. Uma semana de investigações reveladoras sobre a auto-sabotagem, autocrítica, crenças sobre si mesmo. Você sabe, aquele que está sempre sobre nosso ombro dizendo coisas negativas a nosso respeito e nunca se cala? Que se intromete com a sua mente sórdida e coloca sua estúpida e falsa opinião, justamente quando estamos, finalmente, no momento presente e curtindo a vida?

É uma semana que permite que o nosso eu seja livre da nossa raiva, da nossa tristeza e dos incontáveis segredos ​​que mantivemos escondidos durante toda a vida. É nesses 7 dias preciosos que se pode realmente entender que as emoções são completamente humanas e podem ser aceitas e expressas genuinamente e abertamente sem vergonha e culpa. Nós vemos que fomos tão restringidos em nossa sociedade, que nós e todos os outros na sala (ou no planeta) estão andando por aí como pacotes apertados e impecáveis. E, na verdade, somos todos como bombas-relógio, prontas para explodir com sentimentos não ditos e dores ignoradas. Nós muitas vezes nem sabemos que esses sentimentos estão ali.

É uma semana para ser verdadeiramente vista. 100% vista muitas vezes por dia, por muitas pessoas. Com nossas sombras mais escuras vindo para fora em total caos e vulnerabilidade, ainda assim somos vistos incondicionalmente e apoiados e amados, aconteça o que acontecer. Com as nossas “bombas-relógio” explodindo por conta da raiva que mantivemos desde que tínhamos dois, ou dez ou 30 ou 60 anos de idade, somos acolhidos em um espaço incrivelmente seguro e confidencial, capaz de finalmente fazer baixar nossas defesas e trazer um pouco de ar para nossas almas.

E somos amados e acolhidos porque todos se tornam um reflexo de quão profundamente separados “nós pensamos” quesomos, neste mundo acelerado em que vivemos. Nós somos vistos, quando cada lágrima nossa foi secada e cada músculo foi relaxado e nós somos acolhidos no amor, nossos corpos e corações vulneráveis ​​se derretem nos abraços, a separação e a falta de autoconfiança desaparecem.

No final da semana, estou 100% segura de que somos um grande coração andando em corpos separados. Tenho certeza que todos nós sentimos dor, todos estamos machucados, todos sentimos culpa por alguma coisa e acreditamos que estamos sozinhos neste dilema humano, mas não estamos! Celebramos e dançamos juntos, alegrando-nos na nova recordação de todas e cada uma das nossas belezas.

No final, saio tão cheia de compaixão pela humanidade, tão apaixonada por cada pessoa. Eu olho nos seus olhos e tenho tanta certeza de que minha dor, minha tristeza, minhas provações e erros são compartilhados por todos. E todo o meu amor, alegria e curiosidade sobre viver neste corpo humano louco também são compartilhados por todos.

Se alguém tiver dúvidas de que não está conectado neste planeta. Se você está se perguntando por que diabos está aqui. Se você precisa atravessar um obstáculo em particular na sua vida … ou se você já sentiu que é o único que está sofrendo, inscreva-se para esta incrível semana de experiência sem igual de crescimento e abertura da visão. Vale a pena cada centavo e cada minuto gasto e ainda mais.

 

O Path of Love acontece em todo o mundo e duas vezes por ano no Brasil.

www.pathretreats.com.br

Categories: Depoimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »